Fuentes:
1,2,3,4. ONU Hábitat. Estado das cidades na América Latina e Caribe, 2012.
5,6. CEPAL. CEPALSTAT, Base de dados e publicações estadísticas.
7. Avina, Banco de Desenvolvimento da América Latina-CAF, ONU Hábitat, Rede Latino-Americana por Cidades e Territórios Justos, Democráticos e Sustentáveis. Pesquisa de percepção, A desigualdade em 10 cidades latino-americanas, 2012.

Visão de Impacto

Transformar as cidades em bens públicos, mediante a participação de seus cidadãos, e o monitoramento e criação de políticas públicas que gerem oportunidades para todos e facilitem o surgimento de uma nova economia.

Agenda Comum de Ação

  • Facilitar a fiscalização do setor público mediante a adoção e acompanhamento de indicadores de qualidade de vida no planejamento urbano
  • Promover inovações cívicas, através do apoio ao desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para o monitoramento cidadão.
  • Promover e fortalecer processos e práticas de participação democrática para apoiar a capacitação de líderes urbanos.

Mudanças

  • A Veeduría Distrital de Bogotá prioriza o controle cidadão

    A Veeduría Distrital de Bogotá (Supervisão Distrital de Bogotá), entidade encarregada de promover a transparência na gestão pública distrital, firmou um acordo com a Avina e outras dez organizações e redes locais de alto nível da cidade, para priorizar o controle cidadão em seus objetivos, metas e funções.

    Valor Agregado da Avina:
  • Nova lei na Bolívia estabelece que o Parque Bosques de Aranjuez é "Área Protegida Municipal"

    Foi promulgada a Lei Municipal no. 019, que estabelece que o Parque Bosques de Aranjuez é "Área Protegida Municipal". Várias organizações da sociedade civil de Tarija, na Bolívia, formaram um Comitê de Apoio com o objetivo de recuperar e defender a soberania do Parque Bosques de Aranjuez.

    Valor Agregado da Avina:
Cidades Sustentáveis Clique sobre o vídeo

Principais Parcerias em 2013

Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF)

Com o qual promovemos um diálogo interinstitucional em diferentes países da região, priorizando assuntos relacionados às mudanças climáticas e apoio aos processos das redes cidadãs.

ONU Hábitat

Com quem firmamos um acordo de colaboração para gerar impactos em políticas de espaço público inclusivo na América Latina. Trabalhou de maneira colaborativa junto à Rede Latino-Americana por Cidades e Territórios Justos, Democráticos e Sustentáveis, e ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) na elaboração do estudo A desigualdade em 10 cidades latino-americanas: pesquisa de percepção 2012. Além disso, foi realizada a publicação conjunta do livro Construção de cidades mais equitativas: políticas públicas para inclusão na América Latina.

Americas Society / Council of the Americas

Com quem desenvolvemos uma agenda de colaboração para publicar uma edição da revista Americas Quarterly dedicado ao impacto, à evolução e aos desafios das cidades na América Latina, na qual foi destacada uma artigo especial sobre a importância da Rede Latino-Americana.

IBM

Com quem colaboramos no acesso de redes nacionais de Cidades Sustentáveis na plataforma colaborativa Smart Cloud for Social Business, uma ferramenta para fortalecer movimentos locais.

OAK Foundation e Instituto Arapyaú

Que apoiam o programa Cidades Sustentáveis e a Rede Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis em seu posicionamento pela sustentabilidade urbana.

Climate and Land Use Alliance e Latin America Regional Climate Initiative (LARCI)

Que apoia o fortalecimento da Rede Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis em sua estratégia de monitoramento e incidência em políticas climáticas, de gestão de resíduos e mobilidade.

Avina Americas * O que é a Avina Americas?

Em 2013, a Avina Americas concluiu com sucesso sua tarefa de administradora fiscal da parceria com a The Bill & Melinda Gates Foundation para a estratégia regional de Cidades Sustentáveis, que desempenhava desde 2009.